..:: Notícias ::..

10/12/16

Sundowns de Gabriel Ballio bate o Barça e é campeão mundial na AUFM

 

Terminou neste Sábado, 10 de Dezembro, a temporada temática (pastilha/vidrilhas) na AUFM em 2016.

Fechando o ano com chave de ouro, Gabriel Ballio levou o inenarrável Mamelodi Sundowns, da África do Sul, ao título do Mundial Interclubes, batendo o poderoso Barcelona de Dan Garcia na finalíssima em Yokohama, nos pênaltis (após 1x1 no tempo normal).

O Olimpia de Douglas Felipe ficou com a terceira posição ao vencer o Auckland (outra grata surpresa da competição) de Augusto Ballio na decisão pelo pódio.


Dan, Gabriel e Douglas no pódio do Mundial'16
 

Com o título, o Sundowns torna-se o primeiro time não europeu ou sul-americano a conquistar o Mundial na AUFM, entrando para a História da entidade como a maior zebra de todos os tempos da competição, além de impedir, pela terceira vez, que o Barcelona - na condição de favorito máximo - conquiste a tão cobiçada taça planetária, já que em 2012 o Barça de João Vítor era o favorito ao lado do Manchester United de André Rafael e caiu na semi para o Ajax de Daniel Valle e em 2013, comandado por Léo Castro, o Barça era o favorito ao lado do Borussia Dortmund de Fabinho Mendes, e caiu nas Quartas para o Boca Juniors de Sílvio Fonseca.

 

Participantes do Mundial de Clubes AUFM 2016

O Barcelona até começou bem a competição, fazendo crer que ia finalmente conquistar o tão sonhado título mundial, e venceu o Grupo "A" com 100% de aproveitamento, passando para a semi com o surpreendente Auckland em segundo. O Kashima de Edson Martins e o América de Ralph Solera (decepção do torneio) foram eliminados.

Enquanto isso, o Grupo "B" só foi definido no último segundo das partidas finais, com o Mamelodi passando em primeiro e o Olimpia em segundo. O Jeonbuk Motors de Daniel Valle estava classificado até tomar um gol no último lance, e acabou fora, assim como o Urawa Reds de Vinícius Jabara, que sonhou com a vaga.

 

Nas semi-finais, duas vitórias por placares elásticos, mas com jogos disputados até a metade do segundo tempo, com vitórias do Barça sobre o Olimpia (4x1) e do Sundowns sobre o Auckland (4x2). Na decisão do terceiro lugar, o Olimpia fez valer seu favoritismo de campeão da Libertadores e venceu os neozelandeses (2x0).

Na grande final, desde o começo o Sundowns mostrou que mesmo em desvantagem técnica perante o poderoso esquadrão blaugrana, iria complicar a missão européia, de modo que, inclusive, foi quem abriu o placar. A partir dalí o Barcelona - sem encontrar o bom jogo das fases anteriores - penou mas conseguiu um empate no final (1x1). A decisão por pênaltis (que os "the brazilians", como é conhecido o Sundowns, comemorou logo após o tempo normal) acabou apontando os sul-africanos como novos donos do mundo na AUFM.

Ao Barcelona, resta o consolo de ter apresentado o melhor futebol da competição e ter feito o atacante uruguaio Çuáriz o artilheiro do certame com 7 gols.

 

Clique aqui para ver como foi o Mundial de Clubes AUFM 2016
Clique aqui para ver a galeria de campeões do torneio
Clique aqui para ver todos os torneios que a AUFM promove
Clique aqui para ver os rankings da AUFM

 
 
..:: parceiros ::..